Blog

Controle de processos

Gestão administrativa e financeira

Gestão de empresas médicas

Gestão de escalas

Gestão de glosas

Gestão de qualidade

experiência do paciente

Experiência do paciente: entenda a importância e como garantir uma vivência positiva

Por: | 6 de maio de 2021

A experiência do paciente é uma métrica que deve ser constantemente acompanhada por clínicas e hospitais, independentemente dos tipos de procedimentos realizados. 

Isso porque está relacionada à qualidade do atendimento da instituição de saúde e, consequentemente, sua confiabilidade. 

Quando pensamos em empresas de anestesia, porém, garantir uma boa vivência ao paciente pode ser um desafio. 

Espaços de saúde, de modo geral, já causam desconforto em grande parte das pessoas. No entanto, a presença de um médico anestesista indica que o paciente passará por um procedimento cirúrgico e esse fato já é suficiente para causar medo e insegurança.

Portanto, a missão desses profissionais está em não apenas prestar um bom atendimento, mas também deixar o paciente o mais calmo e confortável possível para o procedimento, prestando auxílio tanto no pré quanto no pós-cirúrgico. 

Veja também: Rotinas em anestesiologia: principais problemas e como evitá-los

Com o objetivo de te ajudar a superar esses desafios e promover uma vivência positiva aos seus pacientes, elaboramos um conteúdo completo. Continue com a sua leitura e confira!

Como garantir uma positiva experiência do paciente em empresas de anestesia

Segundo dados da Digital Commerce 360 ​​Statistics, 81% dos gestores de saúde estão focados em melhorar a experiência de seus pacientes. 

Alguns motivos para essa priorização são os benefícios que esse processo promove, como: diferencial competitivo e melhor relacionamento com o público.

Para tal, algumas iniciativas são importantes. Dentre as principais, podemos citar:

Comece pelo primeiro atendimento

Os anestesistas lidam com dois tipos de procedimentos: emergentes e eletivos. Ou seja, existem aquelas cirurgias que precisam ser realizadas imediatamente, geralmente dependentes do estado do paciente e que não possuíam programação antecipada.

Por outro lado, há cirurgias que não são consideradas graves e são agendadas com antecipação. Para os dois casos, o anestesista deve sempre prestar o melhor atendimento no primeiro contato, que ocorre, em grande parte dos casos, durante os exames pré-cirúrgicos.

Seja empático e, caso o paciente apresente dúvidas, tente fornecer o máximo de informações possíveis por meio de uma linguagem mais acessível e simples. 

Você pode se interessar: Gestão de dados e informação na saúde: tudo o que você precisa saber!

Fique atento ao tempo de espera

Quem nunca ficou horas e horas esperando por um atendimento médico? Essa fama popular do “longo tempo de espera” já é inerente aos espaços de saúde, independentemente do procedimento a ser realizado. 

No entanto, não é confortável ao paciente ou, até mesmo, familiar esperar por muito tempo. Isso pode prejudicar não apenas o tratamento em si, mas também a experiência dessa pessoa com a sua empresa, gerando uma visão negativa sobre o seu negócio.

Por isso, tenha um controle eficiente sobre todos os procedimentos que estão sendo realizados e equipes responsáveis, assim como o registro de informações importantes, de modo a não deixar o paciente aguardando por um longo tempo desnecessariamente. 

Utilize a tecnologia ao seu favor

Por fim, saiba usar a tecnologia ao seu favor. Atualmente, há uma série de medidas simples que podem otimizar a gestão dos pacientes e garantir qualidade nos atendimentos, como o prontuário eletrônico, que viabiliza centralização e integração facilitada de dados.

Outra dica, que não está diretamente relacionada à anestesia em si, mas pode ajudar no relacionamento com os pacientes, é disponibilizar canais online para dúvidas, marcação de consultas ou outras necessidades que o seu público apresente. 

Leia mais: 10 vantagens de um sistema de gestão empresarial específico para grupo de anestesia

Conte com o Volan para melhorar a experiência do paciente na sua empresa de anestesia!

O Volan pode ajudar a sua empresa de anestesia a valorizar a experiência do paciente de maneira simples e eficiente. 

Consistindo em um aplicativo de gestão, o Volan auxilia no controle de toda a rotina do médico anestesista, desde o acompanhamento dos procedimentos realizados, até a elaboração e administração de escalas.

Nesse processo, o Volan possui aprimoradas ferramentas que permitem a gestão de experiência e qualidade. Desse modo, o Volan recolhe dados sobre a satisfação do paciente em relação ao atendimento recebido.

Com essas informações, é possível medir os seus processos internos e atuar ativamente para corrigir gargalos, adequar a operação e promover melhor alinhamento de acordo com as vivências reportadas pelos seus pacientes.

Além disso, o Volan permite gerenciar o faturamento e desempenho financeiro da sua empresa de anestesia, assim como administrar a produtividade e procedimentos realizados.

Deseja saber mais? Acesse agora mesmo e conte com o Volan para otimizar a sua equipe de anestesia, reduzir custos e valorizar a experiência do paciente.