Blog

Controle de processos

Gestão administrativa e financeira

Gestão de empresas médicas

Gestão de escalas

Gestão de glosas

Gestão de qualidade

troca de plantão

Empresa de anestesia: como tornar a troca de plantão mais eficiente?

Por: | 17 de junho de 2021

A troca de plantão é um processo muito comum nas instituições de saúde, especialmente quando nos referimos a grupos e empresas de anestesia. Na prática, consiste na substituição de um profissional por outro nas variações de turnos. 

De modo geral, são definidos como “regimes de trabalho” e esses períodos viabilizam melhor atendimento assistencial aos pacientes. 

Sem uma gestão efetiva das escalas, podem ocorrer problemas graves como falta de especialistas em situações de emergências e, consequentemente, demoras nos atendimentos.

No entanto, realizar uma troca de plantão efetiva ainda é um desafio. Em primeiro lugar, o médico plantonista precisa de informações corretas acerca dos pacientes em tratamento no seu turno, o que depende de um gerenciamento de dados robusto para que nada se perca e atrapalhe os cuidados assistenciais.

Além disso, podem acontecer imprevistos nas escalas, como a falta de profissionais, que causam mudanças de última hora em todos os horários. 

Diante disso, gestores de saúde precisam implementar algumas iniciativas para tornar o controle de escalas eficiente e minimizar os riscos de problemas. Para te ajudar nesse processo, separamos algumas dicas abaixo. Continue com a sua leitura e confira. 

Como tornar a troca de plantão mais eficiente?

Algumas ações que auxiliam na organização das escalas e trazem efetividade na troca de plantão são:

Ter um planejamento das escalas

O primeiro passo é elaborar as escalas. Elas serão cruciais para que os médicos se organizem nas trocas de turnos. 

Para que sejam efetivas, elas devem ser planejadas com antecedência, afinal, repassar horários em cima da hora pode resultar em gargalos ainda maiores, não é mesmo?

Por isso, uma dica é montar escalas em conjunto com os profissionais, especialmente quando existem pessoas na equipe que estão envolvidas em outros projetos que ocupam parte de seu tempo, como é o caso dos cursos de especializações ou pesquisas. 

Veja mais sobre o assunto: 5 dicas de como montar escalas de trabalho produtivas

Esteja preparado para imprevistos

Médicos são seres humanos e problemas podem acontecer. Por isso, é preciso estar preparado caso qualquer dificuldade surja na troca de plantão, como ausência de algum especialista. 

O ideal é já possuir um planejamento de rápida troca de escalas quando necessário, mantendo a equipe de sobreaviso e definindo um substituto de maneira ágil.

Manter uma comunicação transparente

Outro ponto importante quando nos referimos aos turnos de trabalhos é a comunicação. É essencial manter uma interação efetiva e transparente entre todos os profissionais, de modo a minimizar ruídos no alinhamento do time.

Apenas desse modo os médicos conseguem relatar quaisquer problemas em suas escalas de modo mais rápido, evitando, inclusive, “buracos” nos horários ou alterações.

Contar com o auxílio da tecnologia

Por fim, não podemos falar a respeito do controle de plantão sem citar a tecnologia como aliada principal dos gestores. Por meio das plataformas corretas, é possível não apenas otimizar esse processo, mas torná-lo mais claro e rápido à toda equipe.

Para escolher os sistemas adequados, é essencial levar em consideração as necessidades da sua empresa de anestesia, assim como a infraestrutura, mapeando o número de profissionais e as informações que serão gerenciadas pela ferramenta. 

Leia também: 7 razões para contar com um aplicativo de escalas de trabalho para anestesistas

Conte com a ajuda do Volan para a gestão de escalas da sua empresa de anestesia!

Se você deseja ter mais controle sobre a sua empresa ou grupo de anestesia, o Volan pode te ajudar. Contando com um layout intuitivo e totalmente responsivo, o Volan é um sistema de gestão simples de usar e com alta adesão entre os médicos. 

Disponível para Android, IOS e ambientes da Web, o Volan foi desenvolvido especificamente para anestesistas e auxilia na administração de todos os processos desses especialistas, desde o registro de informações até a gestão de escalas. 

Por meio do Volan, a sua organização alcança eficiência, transparência nas operações, redução de glosas, melhor controle de custos e aumento da qualidade dos atendimentos assistenciais.

Quer saber como funciona? Acesse agora mesmo e solicite uma demonstração gratuita!