Blog

Controle de processos

Gestão administrativa e financeira

Gestão de empresas médicas

Gestão de escalas

Gestão de glosas

Gestão de qualidade

Não categorizado

Volan na imprensa

avaliação pré-anestésica

Qual é a importância da avaliação pré-anestésica e como otimizar com tecnologia?

Por: | 30 de novembro de 2021

A avaliação pré-anestésica é um dos processos mais importantes quando nos referimos aos procedimentos cirúrgicos. Também conhecida como APA, ela é responsável por reunir todas as informações acerca das condições do paciente, assim como seu histórico, possíveis alergias e problemas de saúde, antes da cirurgia.

Por meio da avaliação pré-anestésica e os exames envolvidos, os médicos conseguem elaborar o melhor planejamento anestésico, o que inclui não somente o uso de medicamentos mais adequados, mas também das técnicas de anestesia. 

Com isso, minimiza-se os riscos de alterações no estado de saúde do paciente durante e após a cirurgia, o que, consequentemente, reduz as chances de complicações, garantindo benefícios, como:

  • Maior segurança do paciente;
  • Tratamentos mais assertivos;
  • Garantia de bem-estar;
  • Recuperação mais rápida.

Além disso, é durante a avaliação pré-anestésica que os médicos anestesistas tiram as dúvidas dos pacientes e esclarecem os procedimentos que serão realizados, assim como os processos antes, durante e após a cirurgia, cuidados, riscos e outras informações.

Por sua vez, a tecnologia é uma peça-chave na elaboração da APA, garantindo otimização e melhor gerenciamento por parte dos médicos. Entenda abaixo qual é o papel da inovação e como implementar no seu centro cirúrgico.

Você pode se interessar: 5 erros comuns ao acompanhar indicadores em serviços de anestesiologia

Como a tecnologia otimiza esse processo?

Dentre os principais aspectos que são otimizados por meio da tecnologia durante a avaliação pré-anestésica, podemos citar:

Facilita o gerenciamento de informações

Como citado, durante a APA são levantados uma série de dados sobre os pacientes, desde informações acerca de procedimentos feitos anteriormente, até a respeito da utilização prévia de algum tipo de medicamento, doses que são ingeridas e outros elementos cruciais para o alinhamento das melhores estratégias.

Nesse sentido, a tecnologia facilita a organização e gerenciamento de todos esses dados, simplificando também o acesso por parte dos médicos, o que garante transparência na operação e reduz os riscos de erros.

Permite melhor organização das fichas médicas

Nos processos tradicionais, as fichas médicas são preenchidas e organizadas de maneira manual, geralmente por papéis e pastas numeradas. O problema nesse processo é que, além de ser bastante demorado, ainda não permite flexibilidade e rápido acesso.

Com isso, a utilização de ferramentas tecnológicas é uma maneira de tornar esse fluxo mais assertivo e facilitar o gerenciamento das fichas. Por outro lado, a transformação digital tem aumentado a demanda por fichas eletrônicas por instituições que desejam atingir diferencial competitivo e eficiência

Para se ter uma ideia, segundo o estudo Future Health Index (FHI) 2021 Brasil, realizado pela Royal Philips, 84% dos líderes do setor estão investindo em prontuários eletrônicos.

Garante atualização em tempo real

Sabemos que, durante qualquer tratamento de saúde, as condições dos pacientes podem mudar a qualquer momento, sendo necessário medidas rápidas por parte da equipe.

Nesse sentido, a tecnologia permite atualização em tempo real, simplificando a imputação de informações acerca de medicamentos, tratamentos e outros dados por parte dos próprios médicos.

Promove um atendimento holístico

Por fim, uma ferramenta tecnológica reúne todas as informações sobre os pacientes, o que garante um atendimento holístico, em que os médicos e enfermeiros conseguem acessar esses dados de maneira simples, rápida e efetiva.

Isso, inclusive, facilita o pós-operatório, isso porque toda a equipe pode visualizar as recomendações dos médicos, promovendo uma melhor assistência aos pacientes. 

Leia também: 10 vantagens de um sistema de gestão empresarial específico para grupo de anestesia

Conheça o Volan!

Você deseja otimizar a avaliação pré-anestésica da sua empresa ou grupo de anestesia? O Volan pode te ajudar! Consistindo em um sistema de gestão completo, simples de usar e intuitivo, o Volan facilita processos como:

  • Gestão de produtividade e faturamento;
  • Gerenciamento de escalas;
  • Controle de experiência e qualidade;
  • Gestão e recebimento de insumos.

O Volan é específico para anestesistas e apresenta um poderoso BI, que reúne todos os dados da operação e gera relatórios completos, que permitem uma avaliação holística, tomadas de decisões mais acertadas e constantes otimizações. 

Além disso, o Volan pode ser utilizado tanto por ambientes da web quanto por dispositivos móveis, o que garante aos médicos flexibilidade e inovação. Quer saber mais? Acesse agora mesmo e solicite uma demonstração gratuita